Siringoma

O que é

 

Siringomas são lesões caracterizadas por pápulas achatadas e duras de poucos milímetros (2 a 5mm) de tamanho e de cor amarelada, semelhante a cor da pele. Geralmente são lesões múltiplas e assintomáticas, localizadas principalmente na face (comumente nas pálpebras inferiores e região periorbitária). No entanto, também podem se espalhar para bochechas, pescoço e parte anterior do tórax. É mais comum em mulheres a partir da adolescência, começando com poucas lesões que podem se multiplicar lentamente ou rapidamente.

 

Existe uma tendência genética no seu aparecimento, podendo haver mais de um caso na mesma família. São pequenos tumores benignos de pele devido ao crescimento de glândulas sudoríparas écrinas (que produzem suor). São assintomáticos e não há forma de prevenção.

 

O diagnóstico é clínico, por isso não é necessário nenhum tipo de exame complementar. Devem ser diferenciadas, principalmente, do Xantelasma e dos miliuns, que são lesões de pele também muito comuns na área das pálpebras.

 

Tratamento

 

Vários tipos de tratamento podem ser feitos dependendo do número de lesões, sua localização e tipo de pele do paciente. São indicados apenas para melhorar o aspecto estético.

 

  • Eletrocoagulação com bisturi elétrico ou de radiofrequência: as lesões são queimadas superficialmente após anestesia local e cicatrizam em torno de 7 a 10 dias. Dependendo da cor da pele do paciente pode ocasionar manchas residuais;

 

  • Laser de CO2: destrói as lesões após anestesia local;

 

  • Criocirurgia com nitrogênio líquido: queima as lesões pelo frio (congelamento). Geralmente é um procedimento um pouco dolorido;

 

  • Cauterização química: as lesões são queimadas com ácidos, principalmente com o tricloroacético, não sendo necessária anestesia local. Posteriormente, formam-se pequenas crostas que caem sozinhas;

 

  • Cirurgia: excisão delicada, cortando, superficialmente, lesão por lesão com uma tesoura especial de uso dermatológico. É utilizado, previamente, um creme anestésico ou infiltração de anestésico, deixando cicatrizar espontaneamente.

 

Esses procedimentos devem ser realizados com muito cuidado por um dermatologista experiente para não deixar cicatrizes ou manchas no local. Quando as lesões são múltiplas podem ser necessárias várias sessões de tratamento.

 

Não tente remover lesões de Siringoma em casa, você poderá machucar a pele deixando cicatrizes ou manchas. Isso porque a pele das pálpebras é muito sensível, fina e delicada. Cabe ao dermatologista escolher o melhor método de tratamento para o seu caso, que possa trazer o melhor resultado estético possível.

Sobre

A Clínica Sandra Freitas oferece uma ampla variedade de tratamentos dermatológicos e de estética. Conheça alguns de nossos procedimentos e agende uma consulta de avaliação.

Post Recentes
Redes Sociais
WhatsApp chat