Aplicação de Toxina Botulínica para rugas e hiperidrose

A aplicação de toxina Botulínica A é o procedimento estético dermatológico mais realizado no mundo. É uma proteína produzida pela bactéria Clostridium Botulinum, que é injetada em “pontos” na musculatura da face provocando uma paralisia muscular temporária, que dura de 3 a 6 meses. Ela bloqueia o impulso nervoso responsável pela contração desse músculo, causando o relaxamento local e imobilizando essa musculatura.

 

Atenua, principalmente, rugas ou linhas de expressão chamadas dinâmicas que se formam com os movimentos da mímica, já que estas são causadas por gestos repetitivos da musculatura ao longo dos anos, como sorrir e franzir a testa.

 

As áreas mais comuns de aplicação são na região frontal (rugas da testa), entre as sobrancelhas e pés de galinha (lateral dos olhos), proporcionando uma aparência mais relaxada e descansada.

 

Pode ser usada também para melhorar a flacidez da região mandibular (o chamado buldogue), em pontos chamados Nefertite Lift, no pescoço para suavizar as bandas do músculo platisma, melhorar linhas ao redor da boca e elevar os cantos da boca caídos.

 

A aplicação é rápida, geralmente precedida pela aplicação de um creme anestésico local, que é aplicado nas áreas a serem tratadas trinta minutos antes do procedimento. Geralmente, provoca apenas um leve desconforto local. Cabe ao médico aplicador, de acordo com sua experiência, escolher as áreas a serem tratadas e a quantidade de produto a ser injetada em cada área, medida por Unidades. Se buscamos um aspecto mais natural, normalmente, se injetam doses menores. Enquanto que, se a musculatura for forte e as rugas mais fundas, doses maiores são necessárias para bons resultados.

 

No Brasil, dispomos, no momento, de 5 marcas comerciais aprovadas para uso pela ANVISA.

 

Normalmente, não há efeitos colaterais decorrentes da aplicação e o paciente pode retomar suas atividades habituais imediatamente após a aplicação.

 

Os resultados começam a aparecer a partir do terceiro dia após aplicação e em torno de 12 a 14 dias já vemos o resultado definitivo do tratamento. Assim como quando poderá ser feita correção ou complementação em algumas áreas, se necessário.

 

As aplicações podem ser repetidas em intervalos de 3 a 6 meses. A duração do tratamento pode variar de pessoa para pessoa, dependendo também da dose aplicada e das características pessoais.

 

Outra indicação da Toxina Botulínica é a hiperidrose (transpiração excessiva) nas axilas, palmas das mãos e plantas dos pés. É uma queixa frequente e traz bastante desconforto aos pacientes. A aplicação de Toxina Botulínica nessas regiões proporciona um tratamento rápido, simples e com resultados razoavelmente duradouros, entre 6 meses a 1 ano. Pode ser repetida sempre que necessário.

 

Na hiperidrose axilar é injetada no subcutâneo, em pontos com intervalos de 1,5 a 2 cm de distância entre eles na concavidade axilar, utilizando-se um creme anestésico local. Em cerca de 2 semanas já se evidencia o bloqueio do estímulo nervoso que causa a transpiração, com diminuição do suor excessivo. Este procedimento também pode ser realizado nas regiões palmo-plantares e proporciona alto índice de satisfação entre os pacientes, sem efeitos colaterais desagradáveis.

Sobre

A Clínica Sandra Freitas oferece uma ampla variedade de tratamentos dermatológicos e de estética. Conheça alguns de nossos procedimentos e agende uma consulta de avaliação.

Post Recentes
Redes Sociais
WhatsApp chat