Harmonização facial

A harmonização facial é a mais nova tendência de tratamento do envelhecimento do rosto e se baseia em uma avaliação tridimensional da face e do processo de envelhecimento.

 

O tratamento consiste, basicamente, na associação da aplicação de Toxina Botulínica e Preenchimento facial a base de ácido hialurônico.

 

A toxina botulínica é usada para atenuar as rugas dinâmicas (de expressão) que se tornam visíveis devido aos movimentos repetitivos da musculatura facial ao longo dos anos. Principalmente na parte superior da face, em especial as da testa, entre as sobrancelhas e ao redor dos olhos (pés de galinha). Assim, promove um relaxamento muscular e deixa a aparência mais relaxada e descansada. Também pode ser usada para melhorar o contorno facial (Nefertite Lift), sobrancelhas caídas ou pouco arqueadas e cantos da boca caídos. Após a aplicação é necessário esperar alguns dias para se observar o efeito e o resultado final é visto após 2 semanas. Tem a durabilidade de 3 a 6 meses, dependendo de fatores individuais, quando pode ser reaplicada.

 

Além das linhas e marcas de expressão, com o envelhecimento ocorrem alterações do colágeno, reabsorções ósseas, especialmente do osso malar, importante para manter a estrutura facial. Além disso, ocorre o esvaziamento e deslocamento dos compartimentos de gordura facial que dão suporte e estrutura ao rosto. Estas alterações levam à perda da estrutura e arquitetura facial, ocasionando flacidez, perda de volume e contorno, rugas estáticas e sulcos.

 

Para criar sustentação e refazer a arquitetura facial, melhorar a forma e o contorno, repor o volume perdido e amenizar sulcos e rugas estáticas usamos os preenchimentos de ácido hialurônico.

 

A técnica de preenchimento mais atual chama-se MDCodes, em que se usa ácido hialurônico mais denso em pontos específicos da face (próximos ao osso), os chamados “códigos de tratamento”. Assim, formam pilares de sustentação e melhoram o aspecto flácido e caído do rosto. Geralmente iniciamos essa estruturação na região malar da face. Podemos ainda injetar o produto em várias áreas e em profundidades diferentes da pele como bochechas caídas, contorno, queixo, olheiras, lábios, regiões temporais, entre outras.

 

A aplicação em diferentes áreas pode ser feita através de agulhas ou microcânulas. Os locais de aplicação e quantidade de produto a ser injetada dependem da avaliação médica e devem ser individualizados para cada paciente. O Dermatologista ou Cirurgião Plástico deve escolher os pontos (códigos) de aplicação e a quantidade de produto a ser usado em cada região, de acordo com a necessidade de cada paciente. O objetivo é trazer um aspecto natural, suave e harmônico ao rosto, já que o ácido hialurônico é um produto biocompatível (faz parte do nosso corpo), se integra completamente à pele, não se desloca e raramente pode provocar alergia.

 

O preenchimento tem a durabilidade média de 1 ano. Existem produtos específicos de ácido hialurônico para diferentes áreas de aplicação da face, com densidades diferentes, como lábios, olheiras e malar. Os produtos mais modernos já vêm com anestésico, o que torna a aplicação pouco desconfortável. O resultado já é visível de imediato, mas logo após a aplicação pode haver vermelhidão, leve inchaço e áreas arroxeadas, que regridem rapidamente. O ácido hialurônico leva, em média, 3 semanas para se incorporar completamente aos tecidos, quando podemos observar o resultado final.

 

Quando realizamos a harmonização facial é possível aplicarmos no mesmo momento a toxina botulínica no terço superior da face e os preenchimentos de ácido hialurônico nos terços médio e inferior, assim todo o rosto é tratado simultaneamente.

 

Os benefícios da harmonização facial são:

 

  • É um método pouco invasivo que pode ser realizado no consultório dermatológico em apenas 1 hora;
  • Recuperação imediata;
  • Pouco doloroso;
  • Proporciona uma aparência mais jovem, suave e descansada.

 

Esses resultados dependem da qualidade dos produtos utilizados, da capacitação profissional e experiência do médico que irá executar o procedimento. Pois é uma técnica avançada de aplicação e requer um longo aprendizado, conhecimento de anatomia e só deve ser executada por profissional bem treinado.

 

Existem áreas de risco na face, onde correm artérias e nervos que poderiam ser lesados, além do risco de injeção de produtos dentro de vasos sanguíneos, o que pode ocasionar necrose, cegueira ou até danos neurológicos. Aplicações com técnica errada ou produtos de má qualidade podem provocar surgimento de nódulos ou reações de hipersensibilidade alérgica de difícil tratamento.

 

O dermatologista e o cirurgião plástico são os profissionais mais capacitados e experientes para realizar harmonização facial, além de estarem aptos a tratar eventuais complicações.

Sobre

A Clínica Sandra Freitas oferece uma ampla variedade de tratamentos dermatológicos e de estética. Conheça alguns de nossos procedimentos e agende uma consulta de avaliação.

Post Recentes
Redes Sociais
WhatsApp chat